A importância de fazer a Avaliação Física

Avaliação física

Quando nos empenhamos num treinamento, melhoramos nossa alimentação, substituímos hábitos pouco saudáveis e nos dedicamos, notamos que evoluímos em relação ao nosso estágio inicial, mas não conseguimos quantificar a magnitude desta melhora num determinado espaço de tempo. Podemos até usar indicadores como a balança ou uma roupa que não cabia e passa a caber, para termos uma ideia do nosso progresso diante da perda de peso corporal, mas só podemos dimensionar estes ganhos através de testes específicos . Este conjunto de testes, aliado a uma entrevista inicial, forma o que chamamos de avaliação física.

Antes de iniciar qualquer atividade física é importante realizarmos esta avaliação. Ela servirá como uma orientação para a prescrição da atividade escolhida, pois possibilitará que o professor identifique seus pontos fortes e fracos, além de permitir a comparação dos resultados.

Então a avaliação física é uma ferramenta importante na prescrição de exercícios e na evolução do treinamento, pois através de testes , como a análise  da composição corporal, medidas de circunferências , avaliação da capacidade aeróbica, de força e flexibilidade , fornecerão informações importantes para a prescrição e escolha do treinamento.

Muitas pessoas apresentam uma certa resistência em relação a avaliação física, isso se deve por não saberem da sua importância. Onde podemos destacar:

▪ Avaliar seu estado antes, durante e após um programa de treinamento;

▪ Motivá-lo a superar novos desafios, com a criação de novas metas e objetivos;

▪ Detectar possíveis falhas no programa de treinamento ou nas variáveis responsáveis diretamente pelo resultado (dedicação à dieta e ao treino, por exemplo);

▪ Demonstrar em números e gráficos seus resultados;

▪ Auxiliá-lo na escolha de uma atividade que se identifique com seu perfil e objetivos;

▪ Identificar um provável estado de desequilíbrio orgânico oriundo do excesso de treinamento (overtrainning).

Etapas de uma avaliação física:

Na avaliação deve-se perguntar sobre o nível de atividade física da pessoa , o histórico sobre problemas de saúde , teste de capacidade cardiorrespiratória , avaliação postural  , medidas antropométricas e composição corporal .

Composição corporal

          A composição corporal é considerada uma importante aliada para determinar a relação entre a quantidade e a distribuição da gordura no organismo do indivíduo.

           A maior proporção de gordura corporal é localizada no tecido subcutâneo e, dessa forma, a mensuração da sua espessura é utilizada como indicador da quantidade de gordura corporal localizada em determinada região do corpo.

           Devido a sua fácil utilização e custo mais baixo em comparações a outros métodos, a técnica das dobras cutâneas vem sendo muito utilizada para o cálculo da gordura corporal. Em média o padrão de gordura corporal para homens é 16% , e para as mulheres de 19% .

Tomemos como exemplo uma pessoa de 80 kg , e na análise da porcentagem da gordura corporal foi achado o valor de 20 % . Com estes dois dados , pode-se tirar diretamente o “ peso magro “ e o “ peso gordo “ . Vejamos : peso gordo : 0,2 x 100 = 20 kg , que nada mais foi do que multiplicar os 20% (20/100) pelo peso de 80 kg . Como resultado , temos exatamente o peso da gordura do corpo do individuo , seu peso gordo , que no exemplo é : 20 kg . Agora pegamos o peso e subtraímos o peso gordo para obtermos o peso de massa magra : 80 kg – 20 kg : 60 kg .

Conseguimos assim , agora as informações mais importantes , para termos realmente uma ótima ideia da situação atual e um ponto inicial para medir o progresso do indivíduo em questão !

Dicas :

▪ Não comece uma atividade física sem uma Avaliação Física e sem passar pelo seu médico, eles são de grande importância para minimizar os riscos e melhorar os resultados de um treinamento.

▪ A Reavaliação deverá ser realizada para identificação dos resultados. Assim, o profissional analisará se será necessária a mudança do programa de exercícios ou sua manutenção, alterando apenas algumas de suas variáveis.
▪ Procure um profissional de Educação Física habilitado (formado e com registro no CREF), para orientá-lo durante o exercício, bem como para prescrevê-lo.
▪ E o mais importante , não foque seus resultados em peso . É necessário ter uma ideia do peso ideal , mas não foque seu sucesso ou insucesso somente com base no seu ganho ou perda de peso . Foque sim na sua composição corporal !

Texto: Alex Moulini – Personal Trainer

 

  

 

Cálcio nas coronárias pode levar ao infarto e AVC

Cálcio nas coronárias pode levar ao infarto e AVC

A existência de cálcio na coronárias está relacionado ao envelhecimento das artérias e é chamado […]

Hipertensão arterial e Exercício Físico

Hipertensão arterial e Exercício Físico

Hipertensão Arterial foi tema de Minicurso ministrado pelo Dr Nelson Kato, cardiologista da Cemel

Varizes – Histórico Familiar

Varizes – Histórico Familiar

Dr Gustavo Coffler fala sobre a influência do histórico familiar nas doenças vasculares